quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Parte 14


-Joe-

...antes que eu pudesse terminar de falar eu senti o punho de Nick em meu rosto.

Eu nunca tinha entrado em uma briga antes, mas não consegui me segurar. Soquei de volta e quando dei por mim já estávamos quase nos matando.

-Demi-

Percebi que Nick saiu de casa batendo a porta, aquilo não podia ser bom. Depois de alguns minutos me dei conta de que ele podia ter ido à casa do Joe. Meu Deus. Sai correndo sem pensar em nada e quando cheguei na frente da casa de Joe vi que a porta estava aberta. Entrei e vi os dois brigando como garotos de gangs.

_PAREM!!!_ gritei e quando eles se separaram eu corri e me ajoelhei ao lado de Joe que estava com a cara toda machucada. _O que deu em vocês? Não é assim que se resolve as coisas._ ambos me olharam e Nick abaixou a cabeça.

_Desculpa Demi._ ele disse e saiu correndo. Eu me levantei e tranquei a porta. Joe continuava no chão, muito machucado, provavelmente ele nunca tinha brigado dessa forma antes.

_Estou morrendo de vergonha Demi, eu não sei o que deu em mim._ ele disse desviando o olhar. Eu o ajudei a levantar e nos sentamos no sofá.

_Você deve estar mesmo, é ridículo para um homem da sua idade ficar brigando de porrada com outra pessoa._ disse e ele abaixou a cabeça. _Agora, onde você guarda o kit de primeiro socorros?_ ele tentou sorrir, claro, que eu iria ajudar. Será que ele não percebe o quanto gosto dele?

Após limpar seu rosto e pegar gelo para seu olho roxo fui até seu quarto onde ele estava deitado.

_Demi, muito obrigado por tudo._ ele disse e eu sorri timidamente.

_De nada, estarei sempre aqui, só tenta não brigar de novo porque eu odeio sangue, e ter que limpar sua cara ensanguentada de novo não vai ser legal._ sorri e ele pegou minha mão me puxando para a cama junto com ele.

_Fica aqui comigo hoje? Preciso que você me proteja dos ataques súbitos do seu amigo._ ele disse fazendo graça. Deite-me ao seu lado e lhe dei um beijo na bochecha.

_Tá, por hoje eu vou ficar, mas se o Nick voltar aqui para te bater amanhã porque eu não dormi em casa, o problema vai se seu ok?_ disse brincando e ele me abraçou forte.

_A partir de hoje eu nem chego perto do seu amiguinho que quer ser bem mais que amiguinho._ ele disse.

_Ele nunca tentou nada, ele deve gostar de mim como uma irmã, por isso veio aqui te bater. Para você deixar de ser um menino mau e me tratar como uma lady._ disse e ele riu.

_Bom, não foi bem isso que ele pediu, e eu tenho certeza que ele quer alguma coisa a mais com você, e eu já aviso que não vou deixar ele se aproximar de você com essas intenções._ Eu não consegui não rir, ele era fofo, mas ao mesmo tempo, ele não se decidia sobre ficar comigo ou não de forma definitiva.

_Joe a gente tem um ‘caso’, o que quer dizer que eu não preciso ser fiel._ ele arregalou os olhos, quer dizer, o olho porque o outro estava inchado demais para abrir.

_Oi? Você é minha, não pode ter nada com outra pessoa!

...continua...

Oi gente! Como não postei ontem, e a promessa foi postar todos os dias da semana (que eu vou contar apenas como os dias de feira, tá Berrrnarrrdo??), eu vou postar mais um hoje, e talvez poste o de amanhã de madrugada hoje, porque amanhã tenho um dia cheio! kkkkkkkkk...

Valeu por tudo!

Comentários por favor?

-gabi

4 comentários:

  1. gabi,ta perfeitooooooooooooooooooooooooooooooooo
    100%,posta logo viu lindona,bjs <3

    ResponderExcluir
  2. Esta perfeito como sempre
    Posta logo
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fui a segunda ~dança do kevin em 5 minutos~
      KKKKKKKKKKKK

      Excluir